O Escudo

Moedas, selos, histórias do quotidiano e outros coleccionáveis.

sexta-feira, setembro 07, 2007

Sarkozy pretende reinventar a escola.

O presidente francês, manifestando uma grande paixão pela educação (onde será que já ouvi isto?), enviou uma carta, editada num fascículo de 32 páginas, com uma tiragem de mais de um milhão de exemplares, para todas as escolas, bem como para todos os professores franceses, quer do ensino público, quer do privado.
A nova concepção de Sarkozy para o ensino nas escolas francesas tem por base seis pontos primordiais: A cultura geral, a autoridade (o respeito é a base de toda a educação), o colégio único (a escola deve ter em conta as capacidades de cada aluno e deve utilizar meios de selecção no acesso a cada nível de ensino) os professores, os pais e a questão da religião (a escola deve continuar a ser laica).
Por fim, o presidente francês consciente dos problemas que afectam os professores, promete que irá proceder à revalorização da carreira docente, sendo esta uma prioridade do seu mandato. E para concluir, lança ao professores as seguintes palavras de estimulo: « Dans l'école de demain, vous serez mieux rémunérés, mieux considérés si vous choisissez de travailler et de vous investir davantage.»
Sarkozy, não perdeu ainda a oportunidade de, no início de ano lectivo, endereçar uma carta, desta vez publicada no site da presidência, aos pais e encarregados de educação dos alunos.
E por cá? Será que já se fartaram de vez de inventar e reinventar o nosso sistema de ensino, sem darem o mínimo cavaco aos principais implicados neste importante processo?

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial