O Escudo

Moedas, selos, histórias do quotidiano e outros coleccionáveis.

domingo, setembro 02, 2007

Será que a Alemanha pretende ser um Estado omnipresente?

O ministério alemão do interior pretende espiar os computadores de supostos “cibercriminosos”, através do envio de mensagens de correio electrónico contendo vírus. A utilização destes vírus, tipo “Cavalo de Tróia”, faz parte de projecto lei, actualmente em discussão, sobre a ampliação das medidas anti terrorismo da policia alemã (BKA).

E pensar que há poucos dias, com um sorriso manhoso, li uma notícia do género. Claro, que neste último caso estava-se perante um Estado que já nos habituou à sua omnipotência e omnipresença.

O terrorismo, de facto, é uma coisa muito perigosa. Pode servir de desculpa para tanta, mas para tanta coisa!

Adenda (03/09/07): E pensar que pouco antes do início da viagem de Angela Merkel à China a imprensa alemã noticiou que inúmeros computadores do governo alemão foram infiltrados por programas de espionagem, tipo "cavalos de Tróia" , provenientes da China. Será que são estes "cavalos de Tróia" - talvez cedidos pela China como agradecimento pelos 60 milhões de euros concedidos pelo governo alemão - que os alemães pretendem agora colocar a cavalgar na Internet?


0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial