O Escudo

Moedas, selos, histórias do quotidiano e outros coleccionáveis.

terça-feira, janeiro 20, 2009

O presidente Bush está de partida. Na hora do adeus, grande parte do planeta irradia felicidade. Gritam-se hossanas, explodem cascatas de champanhe e fogos de artifício que, mesmo sem usarem fósforo branco, brilham no ar.

Organizam-se festas planetárias e, dizem as más-línguas, até os anjinhos do céu preparam a realização de uma rave party.

Contudo, esta hora não é de felicidade para todos. Enquanto, de forma inconsciente e egoísta, milhões de pessoas celebram o adeus de Bush à Casa Branca, alguns milhares de homens sofrem. São homens bons, que merecem a nossa consideração, respeito e solidariedade. Homens que, diariamente, velam pela nossa boa disposição.

Por isso, nesta hora de contrastes emocionais, quero deixar aqui o meu voto de pesar para com todos os humoristas deste mundo. Realmente, é triste e de uma crueldade atroz, perder para sempre um filão do calibre de George W. Bush.

Paz à sua alma!

Clique na imagem para aumentar. Cartoon do António daqui.

2 Comentários:

Às 20/1/09 , Blogger LNT disse...

Irradiar felicidade, não diria tanto, mas estou muito satisfeito por ver Bush a largar o poder do Mundo, mesmo que tal implique dificuldades a milhares de humoristas.

Mas que não haja preocupação, caro GR, porque ainda há por aí muitos comediantes políticos para animarem os cartoonistas.

Abraço

 
Às 20/1/09 , Blogger G.R. disse...

Olá LNT!
O irradiar felicidade foi uma força de expressão. Uma tentativa de ir de encontro à sua excelente rubrica "Já fui Feliz aqui". Contudo, quase aposto, que hoje foi barba e cabelo à borla para todos os clientes ;>).
Concordo consigo quando diz que "ainda há por aí muitos comediantes políticos para animarem os cartoonistas". No entanto, basta fazer uma pesquisa na net, para verificar que o Bush, durante o seu interminável reinado, foi um filão quase inesgotável.

Abraço!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial