O Escudo

Moedas, selos, histórias do quotidiano e outros coleccionáveis.

sábado, junho 30, 2007

Afinal, Carlota Joaquina poderia não ser tão má como a pintam!

Devassa, má, intrigante, feiticeira, feia, vulgar, perversa, despótica, libidinosa, grosseira, depravada. Não há (poucas) palavras para descrever a mulher de D. João VI.
Após dois séculos de "ataques à honra" de Carlota Joaquina, a historiadora brasileira Francisca Nogueira de Azevedo procura reabilitar a imagem da princesa do Brasil.

Imagem: ½ Peça em ouro (3.200 Réis) de 1821.


0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial