O Escudo

Moedas, selos, histórias do quotidiano e outros coleccionáveis.

terça-feira, fevereiro 20, 2007

Numismática: Os contos para contar

Os contos para contar, dinheiros de conto ou moedas de conto, são peças metálicas monetiformes que, antes do uso de algarismos árabes e da numeração decimal, serviram como auxiliares na contagem do dinheiro e no seu cálculo, o que se fazia por meio de ábacos, onde o posicionamento desses discos metálicos representava um valor determinado. A sua introdução em Portugal terá sido presumivelmente feita no tempo de Afonso III, pois existem contos para contar semelhantes aos dinheiros da época, nos quais os besantes figurados nas quinas nacionais não estão ainda dispostos em aspa. A sua função terminou quando foram adoptados os algarismos árabes no país, durante o século XVI, e por isso os últimos exemplares são atribuídos aos finais da segunda dinastia, tanto mais que, nalguns, a coroa se apresenta fechada, tal como acontece em moedas dessa época.

Este post é um extracto de um interessante texto, de Alberto Gomes, que pode ser lido na íntegra no blog de
“Contos de Contar”.
O “Contos de Contar” é um blog de José Silva que, além de vários blogues sobre numismática, é também autor do
Metakritico, blog mais generalista e que a partir de hoje tem um link ali ao lado.
Imagem: Conto de Contar do reinado de D.JoãoIII

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial