O Escudo

Moedas, selos, histórias do quotidiano e outros coleccionáveis.

domingo, agosto 19, 2007

A (in)gratidão da caixa registadora

Um funcionário de um posto de abastecimento de combustíveis de Valença foi hoje atingido a tiro na cabeça durante um assalto àquele estabelecimento, encontrando-se em estado muito grave. Um outro funcionário, do mesmo posto, foi atingido, sem gravidade, num ombro.
O assalto terá ocorrido por volta das 06:40 da manhã, porém, segundo tive oportunidade de apreciar no Jornal da Tarde, pouco depois das 13 horas, a esplanada do posto de combustível já estava repleta de clientes e, como não podia faltar, de esfomeados abutres, sequiosos por alimentar a sua insaciável curiosidade mórbida.
Mas bicho tão sequioso, faminto e avaro como a caixa registadora não há. Depois do assalto, tratou logo de repor (ou quiçá triplicar) o peso perdido.
Isto há oportunidades que não se podem perder!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial