O Escudo

Moedas, selos, histórias do quotidiano e outros coleccionáveis.

terça-feira, outubro 17, 2006

Coleccionismo - Numismática (Moeda de 1/4 de Euro em Ouro - D.Afonso Henriques

As moedas de colecção em ouro, com acabamento especial, despertam elevado interesse numismático junto do público, constituindo, por isso, uma forma preferencial de coleccionismo e de aforro. Sendo a sua comercialização realizada dentro e fora do País, as moedas de colecção constituem um veículo especialmente vocacionado para a promoção dos valores históricos, culturais e civilizacionais de Portugal, tanto no plano nacional como internacional.

Neste sentido, através do Decreto-Lei nº58/206 de 17 de Março (onde pode encontrar todos os pormenores sobre esta edição numismática), a Imprensa Nacional-Casa da Moeda, S. A., foi autorizada a cunhar e comercializar uma colecção de moedas em ouro no âmbito de uma série intitulada «Portugal Universal».
Para esta colecção, foram seleccionadas figuras decisivas para a projecção de Portugal, em cada um dos nove séculos da nossa história, que representam expressões maiores do espírito e da cultura portuguesa.
A série comemorativa «Portugal Universal» é composta por nove moedas, correspondentes a nove figuras que, em cada um dos nove séculos da história de Portugal, contribuíram, nos mais diversos planos, para projectar Portugal no mundo, marcando com a sua acção e obra a evolução da humanidade e nela inscrevendo a vocação universalista do nosso país.
No âmbito desta série são cunhadas, à razão de uma por ano e pela ordem indicada, moedas alusivas às seguintes figuras:

- D. Afonso Henriques (século XII).
- Santo António (século XIII).
- D. Dinis (século XIV).
- Vasco da Gama (século XV).
- Luís Vaz de Camões (século XVI).
- Padre António Vieira (século XVII).
- Carlos Seixas (século XVIII).
- Antero de Quental (século XIX).
- Fernando Pessoa (século XX).

O primeiro numisma desta colecção, do qual foram emitidos, em Junho de 2006, 30.000 exemplares, é alusivo a D. Afonso Henriques e é da autoria de José João Brito.

Antes mesmo de escrever este post, e como quero evitar surpresas, fiz aqui a encomenda desta bela e valiosa peça numismática.

O coleccionismo, além de ser um hobby, pode ser uma forma de investimento. No entanto, para quem prefere diversificar os seus investimentos doutra forma ou para aqueles quiçá ainda escaldados pelo caso Afinsa, sempre podem dar uma espreitadela ao novíssimo site Economia e Finanças. Para os autores, deste interessante espaço, deixo os meus parabéns e agradeço o link.

1 Comentários:

Às 18/10/06 , Blogger Rui MCB disse...

Obrigado pela referência, vou tratar do link, afinal não podemos deixar O escudo de fora da economia. Por mais euros que sejamos temos memória :-)

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial