O Escudo

Moedas, selos, histórias do quotidiano e outros coleccionáveis.

sábado, agosto 11, 2007

Tiranias

Foi com um misto de regozijo e consternação que, via Francisco José Viegas (FJV), tomei conhecimento que as calças de cós baixo vão deixar de estar na moda. Na verdade, concordo com a visão do FJV de que o cós baixo das calças além de, em muitos casos, transformar a barriguinha em pança, também dificulta e inferniza a vida das senhoras quando, muitas vezes guerreando-se com o espelho dos gabinetes de prova, pretendem escolher e comprar um par de calças que, além de ser bonito e esteja na moda, as faça sentirem-se belas, sedutoras, seguras e confortáveis. Contudo, outro problema das calças de cós baixo é, em certas situações, deixarem a descoberto a lingerie das senhoras. Ora, e por favor não me chamem tarado, o jogo do tapa/destapa proporcionado pela tirânica aliança entre a moda das calças de cinta descida e a moda das blusas hiper subidas, vai-me deixar algumas saudades. Porém, e disso tenho consciência, para muitas mulheres, esta intromissão, não autorizada, na sua intimidade é bastante desconfortável. Foi a pensar neste facto, que uma inovadora empresa australiana criou um novo e revolucionário conceito de lingerie feminina. A invenção deste tipo de cuecas parecia ter tudo para se transformar num caso de sucesso. Claro que agora, com a anunciada alteração estilística, a coisa promete ficar preta. A necessidade que a Backless Lingerie, de forma brilhante, pretendia satisfazer, a muito curto prazo vai deixar de se fazer sentir.
Mas atenção! A
moda obedece a um ciclo, por norma, bastante previsível. Portanto, para gáudio de uns e desespero de outros, as calças de cós baixo, mais cedo ou mais tarde, hão-de voltar a impor a sua lei.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial