O Escudo

Moedas, selos, histórias do quotidiano e outros coleccionáveis.

domingo, janeiro 20, 2008

Notas Numismáticas: Reinado de D. Sebastião

D. Sebastião, o “Desejado”, nasceu, em Lisboa, faz hoje 454 anos, ou seja, no dia 20 de Janeiro de 1554, tendo falecido, em Alcácer-Quibir, no dia 04 de Agosto de 1578.
Muito embora, tenha herdado o trono com apenas três anos d idade, apenas assumiu a governação do reino quando completou catorze anos.
No reinado do “Desejado”, bateu-se moeda nas oficinas de Lisboa, Porto, Cochim, Goa e Malaca.
Tendo em conta a duração do reinado deste monarca, foi cunhado um basto numerário, no qual, para cada tipo de moeda, têm sido encontradas muitas variantes.
Em nome de D. Sebastião, foram feitas as seguintes moedas:
Ouro – “São Vicente” (ver exemplo fig.3), meio “S. Vicente” e 500 reais. No que respeita às moedas de 500 reais, existem ainda os “engenhosos”, moedas bastante raras e que se destacam por terem sido as primeiras moedas portuguesas datadas e cunhadas por processos mecânicos.
Prata – Tostão (ver exemplos nas fig. 2 e 4), meio tostão, vintém (ver exemplo na fig. 1), e meio vintém. Existem vários tipos destas moedas, cada qual apresentando inúmeras variantes.
Cobre – X reais, V reais, 3 reais, Real e Ceitil.

D. SEBASTIÃO, REI DE PORTUGAL

Louco, sim, louco, porque quis grandeza
Qual a Sorte a não dá.
Não coube em mim minha certeza;
Por isso onde o areal está
Ficou meu ser que houve, não o que há.

Minha loucura, outros que me a tomem
Com o que nela ia.
Sem a loucura que é o homem
Mais que a besta sadia,
Cadáver adiado que procria?

In “A Mensagem” de Fernando Pessoa

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial